sábado, 16 de outubro de 2010 | 2 comentários | By: BestOfFutebol

Benfica - Arouca 5-1

O Benfica goleou o Arouca por 5-1 e apurou-se para a quarta eliminatória da Taça de Portugal, onde se junta aos principais rivais no campeonato. Kardec (2), que marcou os dois primeiros da temporada, Saviola, Luisão e Gaitan assinaram a gorda vitória a quatro dias da decisiva jornada europeia
Um golpe duro no sonho da equipa da Honra, que até então, como fez questão de lembrar através de uma faixa, nunca tinha perdido na Luz. Perdeu, mas continua a ter motivos para se gabar. Diogo marcou, um feito inédito.

Foi, assim, com humor, mas muito trabalho (há quatro anos jogava nos distritais do Porto) que o Arouca se apresentou na casa do campeão nacional, esperando que um Benfica a pensar no jogo de quarta-feira com o Lyon pudesse contribuir para a festa da Taça.

Com cinco alterações no onze, relativamente ao jogo com o Sp. Braga, duas forçadas (Maxi Pereira e Fábio Coentrão), Jorge Jesus apresentou Júlio César na baliza (Roberto não foi convocado), Sidnei no lugar de David Luiz (que também ficou fora dos eleitos), Airton na lateral direita, César Peixoto de volta à esquerda e Salvio no lugar de Carlos Martins, que nem se sentou no banco. Mudanças aparentemente simples, mas que em alguns momentos espicaçaram a calma do treinador encarnado.




O Arouca optou por deixar o antigo guarda-redes de Jorge Jesus no Belenenses no banco, mas com Henrique Nunes a manter em cena a formação responsável pelo 12º posto na Honra (mas em igualdade pontual com o oitavo classificado), na estreia no escalão profissional.

Sidnei, o elo mais fraco da gestão encarnada, quase comprometeu aos 11 minutos, quando perdeu a bola a meio-campo, permitindo o atrevimento do Arouca sob a forma de contra-ataque, mas com Jeremie a falhar o chapéu a Júlio César.

Foram 20 minutos de um futebol interessante, digno, bem disputado e com o Arouca então muito crente que disputaria a eliminatória até ao último minuto. Uma ambição que o Benfica sentiu e terá chegado a recear.

Foi, por isso, determinante o primeiro golo, logo aos 24 minutos, na estreia a marcar de Kardec na presente temporada. Uma excelente jogada de Gaitan pela direita culminou num cruzamento bem delineado para o brasileiro, que estaria, ainda, nos dois golos seguintes. O mais difícil estava feito e o Benfica encarregou-se de tornar tudo ainda mais fácil, mesmo com Sidnei a atrapalhar.



Dois golos de bola parada, aos 31 e 45 minutos, praticamente decidiram a eliminatória ao intervalo, o primeiro de Saviola, depois de Kardec ter atirado ao poste, o segundo do avançado brasileiro, a bisar.

Às poupanças iniciais, Jorge Jesus, a vencer por 3-0 e com a eliminatória controlada, tirou Javi Garcia, fez entrar Luís Filipe e mandou Airton para o seu lugar habitual, no meio-campo. Pouco depois sairia Saviola por Weldon, mas o ritmo das substituições não afectou a marcha do marcador.

Com o Arouca completamente dominado, até pelas emoções fortes de jogar na Luz e ver um sonho então condenado por três golos sem resposta, o Benfica partiu para a goleada. Mais uma bola parada, mais um golo de cabeça, agora do capitão Luisão.





A substituição de Aimar por Nuno Gomes, aos 68 minutos, recuperou a alegria nas bancadas sempre que Mantorras entrava em campo. E o avançado português não defraudou as expectativas, já que assistiu Gaitan para o quinto golo, a quatro minutos do fim, argentino que já merecia ver a dedicação recompensada.







Apesar da goleada, a festa final foi dos três mil adeptos do Arouca, que puderam celebrar um golo na Luz. Diogo garantiu que na Taça haveria mesmo direito a festa.


















Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

Visite-nos também no Facebook


AMANHA NÃO PERCA AS DECLARAÇÕES DOS TREINADORES E DOS JOGADORES DE AMBAS AS EQUIPAS



Leia Mais…

Porto - Limianos 4-1

Por uma vez no Dragão, a película foi dominada pelas personagens secundárias. Foi uma espécie de revolta dos figurantes, daqueles que normalmente aparecem encobertos na fotografia. Não é fácil imaginar um episódio de Sherlock Holmes com o Dr. Watson a liderar a investigação, ou até mesmo uma crónica de Dom Quixote preenchida por um Sancho Pança a investir de lança sobre moinhos de vento. Esta noite, aconteceu.

Walter elevou-se a figura maior, libertou-se das amarras de Falcao, e fez três golos. O brasileiro mostrou faro apurado nas zonas de baliza, alguns pormenores de excelente qualidade e uma mobilidade que aquele corpo arredondado não deixa antever. O rapaz promete.

O Limianos, equipa do quarto escalão nacional, associou-se à história e sai com direito a aplausos de pé. Postura atrevida, muito interessante, com dois ou três jogadores de qualidade e um golinho celebrado como se o Santo Graal estivesse escondido nas redes de Beto.

Pedro Tiba merece uma linha só para ele. Foi este o responsável pela implosão de alegria no sector destinado às cinco mil almas de Ponte de Lima. Isso mesmo, cinco mil pessoas direitinhas do Minho para o Porto.

Hulk e Varela destravados

É uma característica destes jogos desnivelados logo antes do apito inicial. O algoz anunciado sobe ao local da execução, sorri perante a vítima entregue à guilhotina e decide prolongar-lhe a réstia de vida. A fragilidade natural do opositor entregue ao carrasco pode explicar muita coisa, mas há outra que se chama brio.



Os portistas foram briosos e em apenas nove minutos desceram a lâmina sobre o pescoço do Limianos. Walter abriu a contagem num pontapé de primeira e o sangue jorrou, jorrou e jorrou. O dragão acalmou a fúria pelo golo e entregou-se ao deleite.

Depois de 30 minutos dormentes, desinteressantes, pautados por uma supremacia condescendente dos dragões, Varela lá fez o segundo golo e agitou a turba. Sem acelerar, sem jogar especialmente bem, o Porto cumpriu a sua obrigação, aumentando e diminuindo o ritmo conforme lhe pareceu melhor. Chegou ao 3-0, numa conclusão de Walter à meia-volta, e permitiu o tal sacrilégio a Pedro Tiba, antes de Walter fechar as contas perto do último apito.

Num olhar mais amplo, só Hulk e Varela foram frenéticos e abusadores do princípio ao fim. Mas esses, já se sabe, não têm travões.



Atenção a Emídio Rafael e... James

Num filme com tantas figuras novas, duas merecem aprovação total: Walter, conforme o supracitado, e Emídio Rafael. O lateral esquerdo jogou pela primeira vez e jogou bem. Não terá vida fácil com a concorrência de Alvaro Pereira, mas mostrou uma enorme evolução, em relação ao que mostrara na pré-época. André Villas-Boas não se enganou ao trazê-lo de Coimbra.

Sereno alternou o razoável com o medíocre, Otamendi pareceu excessivamente confiante e Beto não teve grande trabalho. Dos médios, Guarín foi o que mais apareceu, com Rúben Micael e Souza a cumprirem os respectivos papéis com competência.





Castro, James Rodríguez e Ukra foram lançados na segunda parte. Os portugueses são unidades de muita qualidade, o colombiano pode deixar de ser personagem secundária a qualquer instante.








Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.

Visite-nos também no Facebook



Leia Mais…

Estoril - Sporting 1-2

O Sporting segue em frente na Taça de Portugal com uma vitória sobre o Estoril arrancada a ferros (2-1). Depois de uma primeira parte medonha, em que os canarinhos abusaram dos leões e ganharam vantagem, Paulo Sérgio conseguiu virar o jogo ao intervalo com as entradas de Liedson e Salomão. O levezinho voltou aos golos como o empate, enquanto Postiga assegurou a qualificação para a próxima eliminatória, mas Paulo Sérgio não pode ter ficado contente com o que viu na Amoreira.

O leão entrou em campo preguiçoso, de barriga cheia, sem qualquer instinto felino e cedo se viu incomodado por um canário atrevido que esvoaçava por todo lado, fazia barulho e não o deixava dormir. Um leão demasiado cauteloso, com André Santos e Zapater à frente da defesa, sem qualquer ligação com Vuk, Matías e Valdés e um Postiga completamente desamparado na frente. O Estoril entrou com alguma timidez, mas foi ganhando confiança, à medida que foi percebendo que este leão não fazia mal a uma mosca.







Os «canarinhos» fechavam-se bem a defender, mas depois desdobravam-se em velocidade, pelos flancos ou mesmo pela zona central, apanhando muitas vezes o Sporting em contra-pé. A primeira oportunidade foi mesmo da equipa da casa, num lance individual de Alex Afonso sobre a direita a culminar com um pontapé acrobático de Anderson Luís ao lado. O primeiro sinal estava dado. Enquanto os leões subiam para o ataque de forma lenta, previsível e, sobretudo, sem saber o que fazer no último terço, o Estoril comia a relva em velocidade, com tabelinhas vistosas e, sobretudo, eficazes na conquista de terreno.




Alex Afonso, Tiago Costa e Paulo Sérgio, três jogadores com técnica apurada, tornavam a vida muito difícil à defesa leonina, com tabelinhas curtas e dribles que desfaziam por completo a organização leonina. O golo acabou por chegar sem surpresa, aos 35 minutos, num lance de bola parada, num livre em forma de canto curto, com Anderson Luís a levantar a bola para a área onde surgiu Alex Afonso, vindo de trás, em velocidade, para desviar de cabeça, deixando a nu o total desacerto da defesa leonina que procurava fazer uma defesa homem-a-homem.



Mais confrangedor do que o golo consentido foi a incapacidade da equipa de Paulo Sérgio para reagir, insistindo no jogo atabalhoado, sem qualquer ideia perceptível. Paulo Sérgio estava obrigado a mudar ao intervalo e para a segunda parte fez entrar Salomão e Liedson, abdicando de Zapater (que desastre) e Vukcevic (nada lhe saiu bem). O Sporting mudou da noite para o dia, sempre com os dois suplentes em plano de destaque. Salomão a dar vida à ala esquerda, abrindo caminho, conquistando espaços e cruzando com objectividade. Liedson na área, ao seu melhor nível, a ganhar bolas e, finalmente, a dar trabalho a Cléber.




Os dois jogadores, praticamente sozinhos, fizeram o Estoril tremer numa série de oportunidades que culminou com o golo do empate, aos 63 minutos, com Salomão a cruzar da esquerda e Liedson a finalizar de cabeça. O levezinho não festejou, mas notou-se um grande alívio em toda a equipa. O leão espreguiçou-se e soltou-se conseguindo atacar com objectividade perante um Estoril em nítida quebra, não só em termos físicos, mas também anímicos. O leão vingava-se agora dos «olés» que chegou a ouvir na primeira parte, com ataques sucessivos que foram asfixiando o canário cada vez com menos voz para cantar.

Na sequência de um livre de Matías, aos 78 minutos, a defesa do Estoril não conseguiu afastar a bola e Postiga fuzilou para o segundo golo. Estava consumada a reviravolta de um leão que esteve quase a ser comido, mas acabou por acordar a tempo para afastar os incómodos «canários».







Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.

Visite-nos também no Facebook


AMANHA NÃO PERCA AS DECLARAÇÕES DOS TREINADORES E DOS JOGADORES DE AMBAS AS EQUIPAS


Leia Mais…

Antevisão Benfica - Arouca

Jorge Jesus, na antevisão que fez na Benfica TV, assume que os dois laterais vão mesmo ser poupados. «Somos forçados a ter alterações. O Fábio e o Maxi não estão bem, além de outros jogadores que tiveram compromissos na selecção. Vamos dar opção a outros, não fugindo muito dos que têm jogado», destacou o treinador.

Fábio Coentrão e Maxi Pereira chegaram com problemas físicos das respectivas selecções e devem ser poupados no jogo deste sábado com o Arouca, na Luz, a contar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal. O lateral esquerdo está a recuperar de uma entorse na tibiotársica direita, enquanto o lateral uruguaio chegou debilitado com uma gastroenterite febril e também vai ser rendido.

O treino desta sexta-feira também não contou com Ruben Amorim (tendinite rotuliana) e Óscar Cardozo (entorse no joelho esquerdo com lesão do ligamento lateral interno), jogadores há já algum tempo em fase de recuperação. Javier Balboa é outro dos casos clínicos do plantel, jogador que já corre e realiza trabalho individual de campo.

Os convocados para a terceira eliminatória da Taça de Portugal serão conhecidos ao final da manhã de sábado. A partir das 21 horas, o Benfica recebe o Arouca.








Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.

Visite-nos também no Facebook

Leia Mais…

Passes Moutinho, James e Walter

Aí está uma noticia que me deixa triste e preocupado... Já sei que é prática corrente em todos os clubes, ou pelo menos na maioria, mas não era pratica corrente no FC Porto, e penso ser um caminho bastante perigoso e sinuoso...

O F.C. Porto comunicou, nesta sexta-feira, a venda de parte dos passes de João Moutinho, James Rodriguez e Walter. Em nota oficial enviada para a Comissão de Mercado e Valores Mobiliários, os dragões anunciaram os acordos com três empresas, desconhecidas até ao momento. O Porto garante um encaixe imediato de 8, 8 milhões, cedendo percentagens consideráveis de três reforços contratados neste defeso.

F.C. Porto avaliou os seus atletas pelos seguintes valores: João Moutinho por 11 milhões, Walter por 8,5 milhões e James por 7,29 milhões. Pelos vistos o Walter foi o único a ser avaliado acima do valor comprado, e só por isso acho que foi um péssimo negocio do Porto, típico de quem esta aflito, porque é a unica explicação, para o que aconteceu, avaliar jogadores com enorme potencial pelo valor que o comprou, desde quando está pratica é vista para os lados do Dragão? Aqui sim algo que não é nada normal no FC Porto...

Penso que se não tinha dinheiro, o que não devia ter feito era comprar tantos jogadores, ou então ter vendido mais algum... Eu já sei que foi uma politica de luta pelo titulo e de reforçar a equipa, mas isso por sí só, apenas é importante se a equipa depois poder ter a estabilidade necessária, e a historia e o exemplo de outros, mostra-nos que isso torna-se um aspecto bastante difícil.
Sinceramente sou bastante contra estas politicas, e explico porque, um jogador que tem no seu "universo": O Clube, um Empresário e agora mais um "accionista", tem pressões a mais para quem tem que estar concentrado em jogar à bola e em treinar nos limites, são pessoas a mais a dar-lhe sugestões, para putos que muitos deles nem barba têm, e que ainda bem formaram o seu carácter... Para eles é confusão a mais, eles depois com os Egos elevados, vai acreditar em quem? Quando forem confrontados, em ficar mais uma época no Porto porque podem evoluir mais facilmente, ou nos empresários e accionistas que dizem que tem que sair porque o Porto já é pequeno para "Tamanho Jogador" Aquilo são aves de rapina... E isso mexe com a cabeça do Jogador..



Nós sabemos que principalmente estes "accionistas" ou investidores que compraram parte dos passes, o que querem é o retorno do investimento o mais rápido possível... Não lhes interessa ter o Moutinho muitos anos no Porto, porque é sinal que o $$ deles fica parado. O que lhes interessa é te-lo o tempo necessário para dar nas vistas e para o valorizar e vender...
Por isso se não houverem mais esclarecimentos, por parte do FC Porto perante os seus socios e adeptos, essa vai ser a imagem que o porto está a dar para dentro e para fora do Balneário(porque os jogadores tb sabem isso) E na parte que me toca, deixa-me bastante insatisfeito e preocupado...

Além disso tudo algo me deixa ainda mais preocupado... Durante muitos anos e ainda este ano o Porto foi o que mais e melhor vendeu, tem ido sempre Liga dos Campeões, Onde estão os Milhões? Era necessário um acto deste desespero destes?
Para vender mal, vendiam o passe de outros jogadores, ou se queriam vender do Moutinho, James e Walter, vendiam por valores em conformidade com o nome e a historia do FC Porto e principalmente pelo valor da sua perspectivava de crescimento...

Alguns podem pensar, tirando o Moutinho, os outros ainda não vimos nada... Pois é... Mas aí é que está a questão importante para este tipo de negocio, jogadores como o Falcao, Fernando e até o Belushi, já mostraram o seu valor e mesmo podendo evoluir mais, não vão evoluir muito mais, já sabemos o que podemos contar com eles e as suas inúmeras qualidades... Agora, o Walter e o James, são promessas, são jogadores que tem um potencial de crescimento Inacreditável... E é também por esse motivo que penso que estes tipos de negócios a médio e longo prazos são PÉSSIMOS para o Clube... Apenas têm uma lado positivo, tapar os buracos do imediato...



Aqui fica o comunicado do F.C. Porto:

«A Futebol Clube do Porto - Futebol, SAD, nos termos do artigo 248º nº1 do Código dos Valores Mobiliários, vem informar o mercado que alienou, em regime de associação económica, as seguintes partes dos direitos económicos de três atletas contratados no início da época:

- 37,5% dos direitos desportivos do jogador João Moutinho por 4.125.000€ à Mamers B.V.;
- 35% dos direitos desportivos do jogador James Rodriguez por 2.550.000€ Gol Football Luxembourg;
- 25% dos direitos desportivos do jogador Walter por 2.125.000€ à Pearl Design Holding Ltd;»


Leia Mais…
sexta-feira, 15 de outubro de 2010 | 0 comentários | By: BestOfFutebol

Pancadaria na AG do Sporting

A Assembleia Geral do Sporting desta quarta-feira ficou marcada por agressões entre adeptos e ambiente tenso, tendo as contas sido aprovadas por 59,84 por cento dos votos. Dias Ferreira, presidente da Assembleia Geral, desvaloriza os incidentes e defende Costinha, director para o futebol.


Sinceramente penso que o problema do Sporting é um problema de falta de liderança, já escrevi aqui algumas vezes das falhas do seu presidente, que vão desde a ida de ferias ao Brasil, quando o Sporting tinha uma deslocação importante ao Dragão, aos problemas no balneário, as declarações de Izmailov, ás fragilidades que existiram no processo Paulo Bento, nos insultos aos sócios e adeptos e terminaram naquela triste conferencia de imprensa da Maça Podre... E volto a repetir, ele até pode pensar que tinha razoes para as dizer, mas um presidente de um clube como o Sporting não se pode expor ao ridículo como ele fez. Naquele caso ele deveria ter-se resguardado e ter deixado aquele papel para outras pessoas...

Volto a dizer que TENHO A CERTEZA do belíssimo ser Humano que é, mas continuo a pensar que não tem estofo para Presidente do Sporting, ele não pode confundir o seu AMOR de sócio pelo Sporting com a sua responsabilidade como Presidente, são coisas distintas...

Sobre esta AG penso que se fosse no Porto ou no Benfica, a comunicação social não ligava e dava por barato estes incidentes, porque afinal de contas, mesmo não tendo sido bonito, foram apenas 2 homens que se desentenderam, num universo de 700, vejam apenas como o video foi feito, até parece quem andam a ver os nossos videos... Um dizia que era uma vergonha o outro dizia que nada de anormal, estavam sempre a contradizer o que o 1º interveniente dizia...
Nada contra esta atitude, muito pelo contrario, apenas ressalvo com espanto porque é que isso não acontece por outras bandas, até porque têm muito mais matéria para os ajudares (jornalistas) nas contradições e nos moralismos...

Penso também que o Sporting neste caso é um exemplo de democracia, que todos temos que saudar no imundo Futebol Português, um clube que discute de "livro aberto com os sócios" um clube que tenta sempre afastar-se das confusões e um clube que tenta sempre colocar a ética em primeiro lugar.




Quero ter aqui uma palavra de muito apreço para Dias Ferreira, porque sem sombra para duvidas é o Sportinguista que mais dá o peito às Balas, querem um exemplo?
Ainda há poucos dias atrás na outra assembleia geral, onde tudo correu bem, quem deu a cara foi o Bettencourt, que depois passou a palavra ao Rogério Alves...
Mas agora que houveram alguns problemas, quem veio falar aos jornalistas foi o Dias Ferreira, nós no BestOfFutebol não estamos distraídos e queremos felicitar o Dias Ferreira por mais um momento de nobreza e coragem, como alias nos tem habituado.

E este é mais um exemplo daquilo que temos repetido varias vezes, O BestOfFutebol mesmo tendo uma cor clubistica, não é anti clube nenhum, apenas anti hipocrisias e anti Falsos Moralismos, e é por isso que lutamos diariamente...

Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.


Visite-nos também no Facebook


Leia Mais…

"Pessoalmente preferia o Porto Campeão"


Ricardo Quaresma iniciou um novo ciclo na sua carreira. O extremo transferiu-se para o Besiktas em Junho, depois de uma passagem pelo Inter de Milão, e diz sentir-se «em casa». O português tinha milhares de pessoas à sua espera no aeroporto e no estádio e é a estrela da equipa turca.


A relação «de amor» com o Besiktas começou em 2007, com um amor à primeira vista. A 3 de Outubro de 2007, o Besiktas, próximo adversário do F.C. Porto na Liga Europa, conquistou Ricardo Quaresma. E vice-versa. O português marcou o golo da vitória do F.C. Porto na Turquia, foi aplaudido pelos adeptos locais e retribuiu o carinho com a sua camisola.

No final dessa partida (0-1), para a Liga dos Campeões, Quaresma encaminhou-se para o sector dos adeptos do Besiktas e agradeceu os incentivos inesperados. A camisola do extremo português foi disputada como um troféu galáctico.

«Já joguei em grandes estádios, com grandes ambientes, mas penso que este foi o melhor ambiente em que joguei. Ofereci a camisola pelo gesto que tiveram comigo», explicou o então jogador do F.C. Porto, após o encontro. Foi a primeira vez que recebeu aplausos de adversários: «Sinceramente, nunca me tinha acontecido, e por isso é que oferece a camisola.»



No final da temporada 2007/08, o Inter de Milão pagou 18 milhões de euros por Ricardo Quaresma. Pelé, avaliado em 6 milhões, seguiu para o Porto como contrapartida na transferência.

O F.C. Porto anunciou a transferência, falando em futuras contrapartidas relacionadas com o rendimento do extremo em Itália. O negócio poderia chegar aos 30 milhões de euros. Contudo, Quaresma teve poucas oportunidades no Inter, festejando apenas o sucesso do colectivo nas últimas duas épocas.

Excluído do Mundial de 2010, Ricardo Quaresma viu José Mourinho partir para o Real Madrid. O Besiktas já manifestara o seu interesse, em Maio. O internacional português ponderou, aguardou por convites de ligas mais competitivas, mas acabou por ceder à paixão iniciada há três anos.

A transferência, envolvendo uma verba a rondar os 7 milhões de euros revelou-se um óptimo negócio para os turcos, que têm contado com actuações destacadas do extremo português. Ainda na passada quinta-feira, na Finlândia, foi um golaço de Quaresma a iniciar a goleada do Besiktas na Finlândia, que confirmou a passagem à fase de grupos.

Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.

Visite-nos também no Facebook

Fonte: maisfutebol

Leia Mais…
quinta-feira, 14 de outubro de 2010 | 1 comentários | By: BestOfFutebol

«Ridículo, eu? E o comunicado do Benfica?»

Boa parte da conferência de imprensa de André Villas-Boas foi gasta a dissecar as informações e contra-informações disseminadas nas últimas duas semanas. Luís Filipe Vieira, por exemplo, não ficou sem respostas. O presidente do Benfica, recorde-se, considerou «ridícula» a reacção de Villas-Boas em Guimarães.

«Não sei se é mais ridícula a minha reacção ou o comunicado do Benfica. Se quiserem abandonar a Taça da Liga sabem que há consequências graves. E também pedem que os adeptos não se desloquem aos jogos fora da Luz¿ Não sei o que é mais ridículo. Se isso ou uma interpelação normal de um técnico a um caso de jogo.»

Villas-Boas só está de acordo com Vieira no apelo à não-violência. «Faço o mesmo e espero que nada de mal aconteça. Espero que haja jogo entre o Porto e o Benfica e que a comitiva deles chegue intacta. Qualquer acto de violência é condenável.»

Perante tudo isto, alguém sugeriu que se está a fazer uma dramatização sobre um Clássico que só chega dentro de um mês. «Dramatização? Não, queremos é jogar no campo. Conquistar seis pontos nas próximas semanas e depois vencer o Benfica.»



Ainda sobre o Benfica, André Villas-Boas deixou um remoque a Vitor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem. «Disse que não anda a reboque de ninguém, mas parece que anda. Ao falar à quinta jornada abriu um precedente grave, insisto. O que nos foi comunicado é que será feita a análise à arbitragem após à 15ª jornada. Que a faça quando quiser.»

O contexto muito especial empurrou a antevisão da recepção ao Limianos para um plano secundário na conferência de imprensa de André Villas-Boas. De qualquer forma, o treinador do F.C. Porto lembrou que na Taça de Portugal «há uma quantidade anormal de surpresas», quando se debruçou sobre o tema.

«Acredito nos factores de transcendência e motivacionais. Se o Porto estiver num patamar normal vai vencer. Mas o Limianos vai entrar com vontade de fazer taça», referiu o técnico, que só não quis referir se vai lançar de início elementos com pouca competição nas pernas, como Sereno, James Rodríguez ou Walter.



«Trabalhámos sem os internacionais nas últimas semanas e sei que vamos ter qualidade na equipa que vai jogar. Há oportunidades que têm de ser dadas. O nosso desafio será com o nosso rigor e organização. Esperemos estar à altura.»

Entre quarta e quinta-feira, o plantel do F.C. Porto readquire a forma normal, com a chegada dos vários atletas internacionais. Os portugueses já estão integrados, Falcao chegou esta manhã e os uruguaios apenas trabalham à tarde, segundo explicou André Villas-Boas.

Na conversa com os jornalistas, o treinador aproveitou para falar sobre o futuro imediato e reconheceu que ainda há coisas a melhorar na equipa.



«Temos deslocações complicadas pela frente. Aproveito também para sublinhar que o que se passou em Guimarães com a arbitragem não é desculpa para o resultado final. Fomos dominadores e não saímos de lá com uma vitoria. Cometemos alguns erros e houve um abrandamento nosso, que permitiu algum facilitismo. Temos de melhorar algumas coisas.»

A entrada de Paulo Bento na Selecão Nacional coincidiu com o regresso de João Moutinho à titularidade. O médio do F.C. Porto raramente foi opção séria para Carlos Queiroz, que até o deixou de fora do Mundial.

André Villas-Boas aplaudiu esta quinta-feira a qualidade e o momento de forma do seu pupilo. «Sem discutir opções de seleccionadores, o João já merecia ter sido titular nos dois últimos jogos de Carlos Queiroz. Para ele foi um golpe duro não ter jogado [frente ao Chipre e à Noruega]. Agora recuperou um lugar que era dele e esteve num nível óptimo», concretizou o treinador azul e branco.

Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.


Visite-nos também no Facebook



Fonte: maisfutebol

Leia Mais…

Porto vs Benfica já mexe...


Não podia deixar de criar um artigo sobre uma noticia que me fez rir às gargalhadas, logo que me levantei... E realmente tenho que agradecer a quem o mandou dizer o que disse porque não deixa de ter muita graça, como vão entender no resto do artigo...





Então vamos lá com calma para que eu consiga fazer-vos entender o que se passou na minha cabeça e porque é que me fartei de rir quando li o seguinte:


Mesmo concordando com estas afirmações, porque na realidade mesmo nao estando no melhor clube de Portugal, está no maior.
Mas foi nesta altura que comecei a rebobinar o filme todo para o inicio... Se este artigo fosse feito em filme, esta seria a parte em que se viam as imagens todas a voltar para trás com aquele barulhinho da da maquina ehehe
E voltando não ao inicio (porque vou deixar o inicio para o fim, passe o pleonasmo) mas há 2 meses atrás, começou por me aparecer isto na minha cabeça:

E então lembrei-me do James, eu sei que muitos Benfiquistas principalmente os que vêem o Dia Seguinte, vão comentar, pois é difícil lembrar de um jogador que não joga... Também é verdade, mas também não é mentira que o Porto é uma equipa que não é qualquer jogador que entra de imediato, deixamos isso para outras equipas, com menos qualidade e mais desesperadas...
E como vos disse lembrei-me que o Benfica andou bastante interessado neste Jogador, ao ponto de investir mais de 3 semanas em negociações...
Mas mais uma vez um jogador optou pelo FC Porto, em detrimento do Benfica, e isto é que deveriam os adeptos se questionar, em vez de andarem a perder tempo, nas distracções que a sua direcção lhes coloca... Não acham uma decisão no mínimo estranha, ainda para mais num ano em que o Porto nem na Champions está...?

Depois ainda me veio à memoria as seguintes declarações, que vêem em forma justificar estas proferidas por Salvio:

Onde um miúdo no meio de tanto entusiasmo depois de ter assinado por um clube tão diferente do que estava habituado diz: "Creio, e vou repetir CREIO que o FC Porto é o maior clube que há em Portugal..." Penso que são completamente normais e inocentes estas palavras, porque foi no meio de um contexto jornalístico. Se bem que tenha que rectificar o James, porque o Porto não é maior do que o Benfica, pode ser melhor, olhando para a historia, mas maior certamente ainda não o é.
Mas pensem uma coisa, se estas declarações fossem "encomendadas" por alguém como acontece muito no Futebol Português, teriam sido assim: "Escolhi o Maior de Portugal"

Depois lembrei-me do inicio da historia do Salvio, e se bem se lembram, quando o Salvio já tinha o empréstimo acertado com o Benfica, alguns jornais lançaram a noticia que o Porto também estaria interessado em te-lo por empréstimo!!! Foi mais uma noticia que me fez rir, porque o Porto se tem um sector com quantidade e qualidade são os extremos e todos pertencentes ao clube, por isso não fazia sentido em ter um jogador por empréstimo, para essa posição...

Mas entendo que foi a forma que o Benfica teve de tentar mostrar que conseguiu ganhar uma contratação ao FC Porto... :) No mínimo Ridículo... Mas também uma situação que este "novo" Benfica nos tem habituado...

Mas o Ridículo não acaba aqui, logo que o Salvio chegou teve esta fantástica declaração:

Como é possível um jogador dizer uma coisa destas? 2 Segundos? Como se decide em 2 segundos? Qual era a lógica destas declarações? Questionei-me eu...
Foi aí que a minha memoria voltou a funcionar (ainda bem que não gosto de queijo) ehehe
E lembrei-me novamente de um jogador que o Benfica esteve interessado e que optou pelo FC Porto, chamado Álvaro Pereira...




Como podem ver mais uma vez, foi uma declaração normal, onde disse que decidiu em 4 minutos, um tempo que mesmo curto é razoável. Se virem bem, os motivos que nos disse para ter optado pelo Porto também são plausíveis, ao contrario do James o Álvaro falou bem, mesmo não sendo o maior, é o melhor clube de Portugal... Mas não foi uma declaração agressiva, porque alias diz que o Benfica também é um grande da Europa...
Algo que prova que novamente não são declaração encomendadas...



Penso que consegui que entendessem porque me fartei de rir com as declarações que vêem hoje nos jornais com o Salvio a dizer que demorou 2 segundos, a minha única explicação para esses 2 segundos é porque ninguém o queria, e então sempre é melhor o Benfica do que ficar no banco em Madrid.

Mas não quero acabar sem lembrar o Benfica que esta sempre a insurgir-se contra a violência, que o timing destas declarações, quando o jogo com o Porto está perto, não vêem ajudar nessa linha de raciocínio que tanto apregoam "Anti-Violência"
Porque são declarações sem lógica, e que induzem a violência e a revolta, por serem tão ridículas...

E já repararam em algo também bastante engraçado, o Salvio só teve a opção de decidir em 2 segundos porque o Porto "roubou" o James Rodriguez ao Benfica, e por isso teve que se contentar com o Salvio...

Se bem se lembram no inicio deste artigo, disse que há parte do pleonasmo, iria deixar o inicio para o fim, pois bem o inicio desta historia toda está aqui:

Cristian Rodriguez
Alvaro Pereira
Falcao
James Rodriguez



Aqui se vê também a diferença de comportamento das direcções de ambos os clubes... Como alguém disse esta semana este "novo" Benfica está muito semelhante ao regime da Coreia do Norte, já não basta ter o controle total de todos so comentadores nacionais, de conseguir que o sr. Vítor Pereira mesmo que não tenha andado a reboque tenha ajoelhado, ainda consegue obrigar os jogadores a dizerem o que eles lhe mandam...

Enfim a hipocrisia do costume...

Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.


Visite-nos também no Facebook



Leia Mais…
quarta-feira, 13 de outubro de 2010 | 0 comentários | By: BestOfFutebol

Guarín renova 2014 «É o melhor clube»


Senhores e senhoras, segue-se Fredy Guarín. Numa altura em que o F.C. Porto está a prolongar vínculos com uma série de jogadores (Falcao, Belluschi, Sapunaru, Fernando e Fucile, por exemplo), também o colombiano vai renovar com o clube. Por mais dois anos, ele que terminava a ligação em Junho de 2012.

Ora por isso Guarín renova até 2014 e renova também a certeza que é um jogador com quem o clube conta. «O processo está pronto e espero que nos próximos dias possa sair a notícia», disse. «Estou muito tranquilo aqui, o clube está satisfeito comigo, é um orgulho continuar e passar mais uns anos por aqui.»

O médio falou no habitual superflash semanal e garantiu que a renovação do contrato era tudo o que mais queria nesta fase. «Já estive na Argentina, na Colômbia, na França e o F.C. Porto é o melhor clube por onde passei. Vi muitas coisas aqui que são muito positivas e que não se encontram em qualquer clube.»

«São uma série de aspectos que me deixam tranquilo e me fazem querer continuar aqui. Já estou no F.C. Porto há um par de anos e esta minha estadia aqui tem sido muito positiva», adianta Guarín, ele que não tem vontade nenhuma de mudar de ares. Aliás, a única vontade que tem passa mesmo por jogar mais.



«Um dia vai chegar o prémio para a minha persistência»

Guarín tem sido elogiado pelos treinadores, tanto por Jesualdo (que sempre disse ser um jogador que ainda ia desempenhar um papel importante na equipa), quanto mais recentemente por Villas-Boas, mas nunca foi titular absoluto. «Durante estes dois anos sempre remei e sempre dei tudo para poder jogar», disse.

«O F.C. Porto está com um meio-campo muito forte, sei que não é fácil ser titular agora, mas algum dia vai chegar esse prémio para a minha persistência. As lesões não têm facilitado a minha tarefa, primeiro na perna esquerda, depois no tornozelo, mas já estou recuperado e pronto para quando precisarem de mim.»

Veja os melhores momentos de Guarín:



Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.





Fonte: maisfutebol

Leia Mais…

Rescaldo da Selecção


Acredito que este artigo irá ser algo polémico e controverso, mas não posso deixar a minha opinião e o meu sentimentos de indignação perante o que vi ontem dentro das quatro linhas...

Mesmo sabendo que não era necessário, porque é lógico... Quero dizer que, como todos os Portugueses, também eu ontem vibrei ao mais alto nível com as jogadas, os entendimentos e os golos que os jogadores Portugueses demonstraram r em campo. Até aqui que não hajam duvidas nenhumas...

Agora depois desse sentimento de alegria, de exteriorização do que é o orgulho Nacional e do que é o Orgulho pela minha Pátria, surgiu um sentimento algo estranho, de alguma revolta e muita indignação, que apenas surgiu porque o Orgulho é amor ao meu País é muito...

E não surgiu de agora, descobri que começou a nascer no jogo com a Dinamarca e "mostrou-se para mim" depois deste jogo, de forma muito clara, ora então vejam as declarações do Ronaldo, e gostava que as vissem com as imagens do GRANDE jogo que o Ronaldo fez...



Eu depois de ouvir isto e de ver as diferenças (já explico daqui a pouco) a primeira pessoa que me lembrei foi do Simão e das suas entrevistas onde colocava o dedo na ferida a dizer que existiam muitos egos, muitos mimos e muitas birras no balneário da selecção...

Ora então vejamos aqui o seguinte: Onde estava este Ronaldo nos últimos 2 anos de selecção? Onde estava este Incrível jogador? Que joga para a equipa!!! Onde estavam estas fintas, empre com os olhos colocados na baliza e nos companheiros? Onde estava o jogador com remate fácil? Onde estava o jogador que acabou o jogo com a camisola suada?
Pois é... Muitos vão dizer: Foi o Paulo Bento que fez as alterações necessárias... Que lhe deu mais estimulo... Que lhe passou palavras de mais confiança... Quem me conhece sabe que Admiro muito o Paulo Bento, ao ponto de o querer no meu clube, caso o Villas-Boas não viesse. Mas o Paulo Bento, não é milagreiro.

Mas o que desculpas são essas? O melhor jogador do Mundo lá precisa disso para alguma coisa? O melhor jogador do mundo não precisa dessas "injecções" de motivação, o melhor jogador do Mundo obstante alguns dias que as coisas podem não correr bem, joga o que quer e sempre ao mais alto nível, como alias o provou nestes dois últimos jogos... Foram 4 dias com Paulo Bento que o alteraram? Por favor, sejamos sérios, como diz alguém ehehe

GIF mp4 728x90

Já repararam que até o Mourinho alterou o discurso para com a selecção (espero que ainda se lembrem o que ele disse antes do mundial... Muito diferente do que diz agora...), independentemente da opiniao dele que temos todos que respeitar, refiro-me a forma como não deu motivação aos jogadores e a selecção, e a forma como desta feita já o fez.
Se me disserem que Mourinho deu algum tipo de puxão de orelhas ao CR... Até concordo, mas dizer que foi as mudanças destes 8 dias...
Ele não queria jogar, não gostava do seleccionador... E colocou interesses pessoais a cima do interesse do País... Coisas normais de alguém como o Cristiano Ronaldo (fora dos campos)

E eu não posso aceitar, que um jogador tenha andado 2 anos com a nossa camisola ao peito, e em vez de a representar e de a encher de suor, tenha andado a "boicotar" um treinador e uma equipa inteira, apenas por algum tipo de capricho... Mas onde é que estamos? Ninguém questiona isso? Mas onde está o mundo jornalístico?



Para terminar este assunto quero dizer que este sim é o grande Ronaldo que todos conhecíamos, e que se bem se recordam, dizíamos que era o Ronaldo não da selecção, mas o Ronaldo do Manchester ou do Real, ou já se esqueceram?
Colocando estes reparos de lado, também eu fico contente por o termos novamente... Mas ainda revoltado por ter andado a brincar com a nossa Pátria...

Quero que entendam que não sou defensor de Carlos Queiroz, até porque sempre gostei muito mais de Paulo bento, o que mais uma vez não consigo ver é uma injustiça tão grande em todo este processo, e o BestOfFutebol não pode deixar passar em claro, novamente estes falsos moralismos (parece pratica normal hoje em dia no futebol Português) e esta atitude da Federação ,até parece que a culpa não é em parte deles... ora ouçam lá as deploráveis declarações do sr. Madail



Será que todos já se esqueceram do processo Carlos Queiroz? Então quem é que tirou a tranquilidade à selecção? Eu sei que ele nestas declarações não diz que foi o Queiroz, mas a maioria das pessoas é o que pensa... Também sei que parte da culpa PUBLICA e digo publica, porque no futebol existem muitos interesses e sempre estranhei a forma defensiva e "escondida" que o Madail teve neste processo todo. Deixando sempre a entender que a culpa era do Governo... Mas se era, ele apenas tinha que estar calado e nao dizer nada disto, ou se dissesse tinha que colocar o nome "nos bois" e dizer quem é que tirou a tranquilidade da selecção, e não esta declaração lamentável onde parece um cordeirinho, e um coitadinho, e que deixa no ar as culpas...


Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.


GIF God of War 728x90

Leia Mais…
terça-feira, 12 de outubro de 2010 | 2 comentários | By: BestOfFutebol

Islândia - Portugal 1-3


Portugal venceu a Islândia por 3-1 e mantém o segundo lugar do grupo H de apuramento para o Euro-2012, com 7 pontos. A Noruega, que não jogou, tem 9.

Paulo Bento havia pedido que Portugal ganhasse e jogasse bem. O técnico não mexeu na equipa que venceu a Dinamarca e o primeiro objectivo começou a ser definido bem cedo, com Ronaldo a marcar de livre directo logo aos 4 minutos, a cobrar uma falta sobre Carlos Martins.

Porém, Portugal pareceu adormecer um pouco e a Islândia libertou-se, chegando ao empate numa altura em que carregou um pouco. Na sequência de um segundo canto consecutivo, Helguson atirou de cabeça ao subir com Ricardo Carvalho. A bola entrou a meia altura e Eduardo não reagiu bem. Não há uma imagem televisiva clara, mas o árbitro deu de imediato o golo aos islandeses.




O calmante chegou na forma de nova bomba, a 30 metros da baliza, saída da inspiração de Raul Meireles, cujo remate deixou Gunnleifsson sem reacção. A partir daqui, Portugalo serenou um pouco, mas não voltou a encontrar a qualidade de passe dos primeiros minutos. Como notas positivas, até ao intervalo, destaque para nova bomba de Ronaldo, à entrada da área, que Gunnleifsson defendeu de forma pouco ortodoxa, e para o progressivo acerto da organização defensiva com os lançamentos e os cantos da Islândia, que não voltaram a inquietar Eduardo como até aí.



Entre gerir a vantagem e carregar no acelerador, para acabar com as dúvidas, Portugal pareceu optar pela primeira solução nos minutos iniciais da segunda parte, embora novo tiro fantástico de Meireles, a meio do meio-campo, pudesse ter resolvido a questão mais cedo. A trave não quis (54 m), substituindo-se a Gunnleifsson, e o jogo continuou desinteressante e instável até Paulo Bento decidir mexer na equipa.

Entre gerir a vantagem e carregar no acelerador, para acabar com as dúvidas, Portugal pareceu optar pela primeira solução nos minutos iniciais da segunda parte, embora novo tiro fantástico de Meireles, a meio do meio-campo, pudesse ter resolvido a questão mais cedo. A trave não quis (54 m), substituindo-se a Gunnleifsson, e o jogo continuou desinteressante e instável até Paulo Bento decidir mexer na equipa.




A troca de Hugo Almeida por Postiga teve efeitos quase imediatos, com a ligação entre os três avançados a funcionar melhor. À primeira oportunidade, Postiga falhou um golo certo, depois de fantástico trabalho de Ronaldo. À segunda, menos de um minuto depois, Postiga marcou mesmo, beneficiando de uma oferta de Gunnleifsson, que largou para a frente um cruzamento inofensivo.

Com dois golos de vantagem, a selecção entrou em ritmo de cruzeiro, desperdiçando algumas oportunidades para chegar à goleada, e Paulo Bento aproveitou para consolidar alternativas. Tiago e Danny contribuíram para um final de jogo bem mais risonho e confiante de uma equipa que recuperou o direito a esperar por Junho com a moral em alta. A exemplo de um Cristiano Ronaldo influente como há muito não se via.

Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.


GIF generic 728x90

























Visite-nos também no Facebook

GIF generic 728x90

Leia Mais…

Dias Seguintes há muitos... 4º Episódio


Já há cerca de duas semanas que não fazíamos a novela favorita dos amantes do desporto: «Dias Seguintes há muitos...» Neste 4º Episodio o tema em foco, além do ridiculo é a Verdade Desportiva, ou melhor a pseuso Verdade Desportiva

Como vão poder comprovar neste episódio. Ressalvo mais uma vez que esta novela apenas é feita porque existe um comentador que continua afirmar que o seu clube é sempre vitima em tudo, e que os outros são sempre os maus da fita...
E quero ressalvar isso, porque muitos adeptos pensam que isto é anti (clubismo) mas na realidade o que é, (é anti Moralismos...)



Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

E para todos os que gostam de Verdade Desportiva, não percam o Vídeo do Século, acompanhem ao segundo o lançamento deste Monumental vídeo, como podem ver no Menu do lado direito.



Leia Mais…
segunda-feira, 11 de outubro de 2010 | 0 comentários | By: BestOfFutebol

Anderson: «Gostava de voltar ao F.C. Porto»


Anderson não esquece o F.C. Porto. O brasileiro do Manchester United deixou o clube azul e branco há três anos, mas nunca abandonou a cidade. Por isso voltar a jogar no Dragão é um projecto de futuro que não abandona. «Gostava de voltar ao F.C. Porto», disse, no aeroporto Francisco Sá Carneiro.

«Tenho aqui casa, tenho aqui o meu apartamento, gosto muito da cidade e do clube, por isso gostava de voltar um dia, mas agora estou bem. Se não der para voltar ao F.C. Porto, gostava de regressar ao Grémio um dia», adiantou o brasileiro, ele que passou praticamente os seis meses de recuperação da lesão no Porto.

Recorde-se que já quando se lesionou no joelho, em Fevereiro de 2010, o jogador tinha mostrado o carinho pelo Porto. «É sempre importante para mim voltar e reencontrar os meus amigos. Tenho um grande carinho por esta cidade. É o melhor lugar do mundo para poder recuperar bem», disse na altura ao Maisfutebol.

«Bebé está a comer-me a comida toda»

Nesta conversa com os jornalistas, à partida para Inglaterra, após uma folgas passadas em Portugal, Anderson falou também da integração de Bebé. O jovem português vive em casa do brasileiro e, pela forma como o esquerdino falou, a amizade já vai muito para além da partilha da mesma casa.

«Está a viver comigo e está a comer-me a comida toda», brincou Anderson. «Está a acabar-me com a comida lá em casa. Mas é um menino bom e um grande amigo. Está a tentar integrar-se no Manchester United e no campeonato inglês, que não é fácil porque é muito diferente. Mas ele está a trabalhar bem.»




Fonte: maisfutebol

Leia Mais…

«apreender passaportes de Nani e Ronaldo»

O seleccionador islandês não perde o humor antes do jogo com Portugal. Apesar de somar duas derrotas em dois jogos, situando-se por isso no último lugar com zero pontos, Olafur Johannesson responde com boa disposição à pergunta sobre como vai parar Cristiano Ronaldo, Nani e companhia.

«Essa é uma boa pergunta», começou por dizer o seleccionador islandês. «Primeiro devíamos ter apreendido os seus passaportes na fronteira, não permitindo que entrassem na Islândia. Não o fizemos e agora é muito tarde para isso. Temos de arranjar outra forma de os parar porque são muito bons jogadores.»

Mais a sério, Olafur Johannesson reconhece que Portugal ficou mais perigoso após a entrada de Paulo Bento. «Estiveram mais fortes com a Dinamarca do que nos jogos com o Chipre e a Noruega. Frente à Dinamarca houve uma grande diferença em relação aos dois primeiros jogos, estiveram muitos melhores.»

«Conhecemos bem a selecção de Portugal, vimo-los jogar muitas vezes e por isso não foi uma surpresa para nós o bom jogo que fizeram com a Dinamarca. Jogar em contra-ataque será a nossa melhor opção. Vamos tentar defender bem, porque conhecemos o poder do ataque português», finalizou Olafur Johannesson.

Fonte: maisfutebol

Leia Mais…

Rúben Amorim em sofrimento...

Rúben Amorim jogou desde o início da época com fortes dores nos joelhos, em sofrimento. O encontro com o Sporting foi a gota de água. Jorge Jesus pediu-lhe para entrar na segunda parte, o médio cerrou os dentes e foi para dentro do campo, lutando até à exaustão para combater o adversário e... as dores. Este seria o último jogo de Amorim. O médio não aguentou mais e teve mesmo de parar, tendo já sido ponderada, no seio do clube encarnado, a possibilidade de ir consultar-se a um especialista estrangeiro.

Resolvi trazer este tema aqui, para falar de uma coisa muito seria que infelizmente acontece muito no Futebol Português, é o Rúben Amorim, como podia ser qualquer outro jogador do Porto, Sporting ou de outro clube qualquer…

Acho uma falta de civismo, de honestidade e de valores, um treinador pedir a um jogador para jogar lesionado, com o discurso que é para o bem da equipa… Como é lógico a maioria dos jogadores, principalmente aqueles que não são os craques da equipa, nunca podem dizer que não, porque podem estar a colocar em causa futuras utilizações… Mas esta atitude por parte de qualquer treinador, denota também uma falta de inteligência brutal, porque essa atitude tem 2 reflexos: 1º Passar para os outros jogadores que não tem confiança neles, porque precisa jogar com alguém lesionado. 2º É um tiro nos pés, porque como é que o pode utilizar com o discurso que é para o bem da equipa, se depois a equipa fica sem ele durante uma boa temporada? Onde está a inteligência nessa acção? Por causa de 3 pontos? Então e os outros 20 que estarão em disputa e que o jogador não vai poder ajudar…? Acho completamente Inaceitável…

Quero deixar aqui a minha solidariedade para com o Rúben que considero que alem de ser um bom jogador tem provado ser um bom ser Humano…

Leia Mais…

"Sair? Primeiro quero ganhar tudo no F.C. Porto"


Uma Taça de Portugal e um Supertaça. É este o curriculum, a nível de títulos, que Radamel Falcao conseguiu, até ao momento, com a camisola do F.C. Porto.

Foi com enorme alegria que vi um jogador com o “Cartel” do Falcao ter declarações deste tipo, ainda para mais por estar fora de Portugal, perante os jornalistas colombianos.

Mas antes de comentar essa entrevista gostava de fazer aqui um aparte, porque já que estou a falar neste jogador vou aproveitar o artigo para dizer algo que já estou para escrever há muito tempo, e que irá ajudar a entendermos melhor a entrevista dada por Falcao.
Quem me conhece sabe que mesmo sendo crente em algo que nos rege, não sou praticante de nenhuma religião, e é sobre isso mesmo que quero falar aqui, o Falcao é devoto, praticante e parte importante e participativa numa religião. Não sei se é por isso ou não, mas acredito que seja, porque já o ouvi a dizer que esse é o motivo, mas a verdade é que eu me lembre, é o jogador mais correcto, mais “honesto” e mais calmo que vi passar pelo Futebol Português.
Sou acima de tudo um fã dessa mesma forma de jogar futebol e de encarar o jogo e as

Partilhando essa questão convosco, vamos lá a entrevista…

Há sempre possibilidades, mas não penso nisso porque o mais importante é manter o nível futebolístico que tenho tido e tentar superá-lo. Tudo tem o seu tempo, primeiro quero ganhar tudo no F.C. Porto” – Todos sabemos que parecem ser frases feitas, como alias muitos jogadores dizem, mas penso que vindo de quem vem, estando ele no seu país e sabendo que já pode ter saído este ano e não quis, acredito que foi sentido e que seja a sua vontade, e dou valor a essa inteligência. Muitas vezes vemos jogadores a sair cedo de clubes onde normalmente se ganha, para outros clubes que raramente ganham alguma coisa, mas que pagam mais… E é uma opção muito perigosa, porque muitos deles depois caeem no esquecimento e “morrem” por ali…

A ideia este ano é lutar novamente para ganhar tudo em Portugal e também temos sérias aspirações na Europa. A Liga Europa é um torneio muito importante. Começámos bem o nosso grupo mas ainda falta muito e há clubes com muita tradição como o Liverpool, a Juventus ou o PSG” – É a ideia transmitida por todos os jogadores das 3 maiores equipas Portugueses, a diferença é que alguns dizem isso para tentarem motivar os sócios e para tentarem fazer crer um sentimento que na realidade não existe, outros como é o caso do Falcao, dizem isso porque acreditam e principalmente sentem que esse é o espírito dentro daquele clube… E basta vermos a forma como os jogadores do Porto dizem isso (calma, respeito, tranquilidade) e a forma como outros clubes o fazem (arrogância, superioridade)

Quando ao James, há vários jogadores para a sua posição que estão nas selecções nacionais e tem de esperar, não é fácil. Está a aprender e tem paciência para perceber que, por vezes, é preciso esperar, melhorar, aproveitar as oportunidades que aparecem e ir crescendo. Vamos ver como corre este ano, mas sei que ele vai dar muitas alegrias ao F.C. Porto” – Mais uma apreciação de quem a cada palavra que diz, mostra um equilíbrio muito grande e uma serenidade e clareza de pensamentos que, eu pessoalmente admiro imenso…

Mais do que o FC Porto, penso que o Futebol Português e Portugal precisam, não de jogadores, mas de Pessoas assim…

Leia Mais…