sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 | | By: BestOfFutebol

O que sentirá o Homem...?

Falcao tranquilizou ontem os seus fãs através das redes sociais, garantindo que a lesão sofrida no encontro com a Naval não é grave e que a paragem será curta. "Tranquilos amigos, não é mais do que um traumatismo por causa de um golpe. Em breve estarei novamente recuperado. Obrigado pelas mensagens de apoio"

É uma noticia que todos os Portistas de certeza que gostam de saber!

Mas não é bem sobre isso que venho aqui falar hoje, já que tive oportunidade de falar sobre esse assunto nestes dois artigos: 1 2

O que eu gostava de trazer hoje para a "discussão" é o que sentirá um jogador suplente do Falcao, quando se apercebe da importância que dão os seus adeptos e todos os jornais, à sua ausência, como se ele não tivesse um suplente à altura!

Temos de pensar que o FC Porto não é como uma Olhanense (com todo o respeito), que quando lhe faltam os melhores jogadores, paga a factura dentro do campo.

O FC Porto além de ser a maior e melhor equipa de Portugal é também a melhor equipa do Mundo em Dezembro e a 10ª no ano de 2010. Com isto, quero dizer que tem de ter, e tem, soluções para a falta deste ou daquele jogador, e no caso do Falcao, o seu substituto é de enorme qualidade.

E o "problema" de estarmos sempre a "chorar" a ausência do Falcao, é maior do que pode parecer. Porque ao estarmos a dar a importância que por vezes damos, à ausência deste ou daquele jogador, mais não fazemos do que retirar confiança ao jogador que o vai substituir. Por vezes, até parece que o Walter é um fraco jogador!

Por aquilo que vou lendo parece que os Portistas não gostam muito do Walter, mas não será que andam a ver mal?

A um Jogador que acabou de chegar, que está tapado pelo modelo táctico que só usa um ponta de lança, que tem em Falcao um "concorrente" poderosíssimo, e que quando entra, a maior parte das vezes marca, penso que não se pode pedir muito mais.

As qualidades estão lá, bem à vista de quem as quiser ver: remate forte, faro de golo, fácil remate (quase sempre à baliza), tecnicamente muito bom, boa estampa física, parecendo também tacticamente um jogador inteligente.



Penso que devemos apoiar mais os nossos jogadores, e o apoio passa também por, indirectamente, não estarmos a colocar os jogadores numa posição de menor relevo, como esta em que o Walter se encontra depois da lesão do Falcao, situação em que tem sido colocado, incompreensivelmente, desde o dia em que chegou...

Temos que nos convencer do seguinte: se estão no Porto é porque têm qualidades, o que não quer dizer que por vezes não apareçam flops! Mas, já pensaram que esses mesmos flops podem ter sido causados, também, por essa falta de apoio e paciência de todos nós?

Não se esqueçam que estamos a falar de miúdos, porque penso que nos esquecemos disso muitas vezes...

Nada melhor do que o carinho da “afición” para os ajudar a projectar as suas capacidades, alias exactamente como nos acontece, nos nossos trabalhos. Eu já sei que eles ganham muito dinheiro e que mais isto e aquilo, mas para quem exige por pensar dessa forma, aconselho a clicar aqui e a ler esse artigo.

Os jogadores deste nível para estarem nestes clubes, têm sempre qualidades, mas depois aparecem as variáveis que falamos nesse artigo, e a melhor forma de os ajudarmos a ultrapassar todas essas variáveis, é o nosso apoio... Eu sei que o Futebol vive muito da emoção, e nem sempre a emoção nos leva pelos caminhos que mais ajudam os jogadores a crescer, ainda para mais num clube tão habituado a ganhar em todos os jogos...

Os jogadores deste nível para estarem nestes clubes, têm sempre qualidades, mas depois aparecem as variáveis, como a de que falamos nesse artigo, e a melhor forma de os ajudarmos a ultrapassar todas essas variáveis, é o nosso apoio... Eu sei que o Futebol vive muito da emoção, e nem sempre a emoção nos leva pelos caminhos que mais ajudam os jogadores a crescer, ainda para mais, num clube tão habituado a ganhar...

Texto: Ricardo Amorim

Revisão:
José Sampaio




Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

r.m.silva da costa disse... [Responder a Comentario]

É redondante vir afirmar que Falcao, na sua melhor forma, é um extraordinário jogador o que prejudica uma alternativa em caso de impedimento, como acontece neste momento.

Só quem não tem estado muito atento ou segue critérios de avaliação sem sustentação objectiva e equilibrada, é que não reconhece a Valter competência para ocupar o lugar do titular Falcao, no ataque do FCPorto e enquanto durar o seu impedimento.

Valter, se poder jogar mais vezes, vai mostrar as suas reais potencialidades e convencer os mais cépticos, afirmando-se como um valor raro e de enorme potencial.

Veremos isso em Aveiro.

Álvaro disse... [Responder a Comentario]

Épá.... o Walter faz-me lembrar o Farias (calma, calma eu sei que são completamente diferentes), parece que basta meter os pés em campo que está predestinado a marcar um golo ou dois dê por onde der...
O homem factura sem precisar de muito tempo, e já se viu que tem muita qualidade, mas é preciso ter em conta que ele vem do campeonato brasileiro e isto não é uma ciência exacta, demora a ambientar-se a um futebol diferente (apesar de jogadores como o Falcao fazerem parecer que isso não existe), para além de que ele parece um pouco pesado, mas é perfeitamente normal pois ele veio de uma longa paragem devido a lesão no Brasil....

Ele ainda é jovem (penso que tem 21 ou 22), tem grande margem de progressão, e prevejo que será importante para o que falta de temporada, pois aproximam-se tempos apertados (calendário muito complicado).

E ele próprio já disse que percebe porque fica no banco mesmo marcando.... quando se tem Falcao e Hulk.

Acho que Walter e James serão o futuro do Porto, pois parece evidente que saíram Falcao e Hulk no final da temporada....

tenente disse... [Responder a Comentario]

Eu pessoalmente gosto de ver o walter a jogar.
Penso que tem potencial.
Assim como o guarin, que muita gente nao gosta de o ver entrar, eu gosto... Tem pormenores interessantes...

r.m.silva da costa disse... [Responder a Comentario]

Em tempo:

Rectifico "poder" por "puder", escrito no penúltimo parágrafo do meu comentário anterior.

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?

Então agradecemos que comente este artigo que acabou de ler, a sua opinião é bastante importante para nós.
Nos comentários dos artigos escreva apenas o que for referente ao tema.