quarta-feira, 29 de dezembro de 2010 | | By: BestOfFutebol

Cardozo em litígio com Benfica

Depois da não comparência de Óscar Cardozo, no inicio dos treinos do Benfica, gerou-se de imediato algum barulho em redor deste assunto, inicialmente pensei que era mais uma forma da CS ter com que encher as paginas dos jornais, mas pelos vistos...

Óscar Cardozo, não compareceu nos inícios de trabalho do Benfica, porque aparentemente o seu filho tinha sido contaminado com a Gripe A, e desta forma Cardozo, entendeu que não estariam reunidas as condições para treinar com a camisola da águia ao peito, porque a sua cabeça estaria com o seu seu filho no Paraguai.

Até aqui penso que está tudo entendido... O Estranho é a reacção do Benfica, mais propriamente de Rui Costa, que pelas palavras de Cardozo (não tinha motivos para mentir) lhe disse que não aceitava a sua falta nos treinos e que exigia o regresso mais rapidamente possivel.



E mais estranho ainda é a ficha que vem no relatório do treino, Cardozo, ausente por motivos pessoais, devidamente autorizado he he Como podem ver nas próprias declarações do Gaitan, a direcção do Benfica pode estar a criar um problema dentro do balneário, porque nenhum jogador pode deixar de ficar solidário com um colega de campo, que tem um problema como o Cardozo está a ter...

E depois disto tudo e pelas ultimas noticias, Óscar Cardozo chega amanhã de manhã a Lisboa, num voo proveniente de São Paulo com partida inicial de Assunção, capital do Paraguai. Takuara virá sozinho, permanecendo o filho e a esposa no seu país.

à espera do internacional paraguaio estará uma série de exames de despistagem da gripe A, patrocinada pelo clube, apesar de já ter sido vacinado este ano contra a gripe sazonal, que desta vez contempla a estirpe da Gripe A.

É seguro que não irá para o Seixal nos dias seguintes, razão pela qual não deva ser opção para o jogo de domingo, frente ao Marítimo, no Estádio da Luz, a contar para a Taça da Liga.

Agora eu Pergunto:
Se não vai estar no seixal nos próximos dias e possivelmente não irá jogar no Domingo, porque é que o Homem não pode ficar ao pé do seu filho numa altura tão difícil e delicada como esta?

Recorde-se que o período de incubação do vírus pode variar entre um a sete dias e causa alguma estranheza, por isso, que Takuara venha já para Portugal. Provavelmente, pode ficar afastado do plantel até que o departamento médico benfiquista considere seguro para os restantes colegas, pelo perigo de contágio.


Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

Álvaro disse... [Responder a Comentario]

Faltar ao jogo da Taça da Liga?? Então não era o LFV que dizia que já não iam participar nessa "competição"???
O Cardozo só está a cumprir, como homem de palavra que deve ser...

Fora de brincadeiras, é preciso ser-se muito egocêntrico para não se perceberem estes motivos do Cardozo, que pelas declarações me parecem ser bastante plausíveis, sempre a olharem para o próprio umbigo e quando se é necessário o lado humano agem como máquinas, custa a acreditar que até nestes momentos são baixos como ratos...

Boas entradas em 2011 para o pessoal !!!

BestOfFutebol disse... [Responder a Comentario]

É verdade Alvaro, custa mesmo acreditar que obrigaram o Homem que tem salvo o Benfica quase sempre e no ano passado jogou lesionado e colocou em risco o Mundial pelo Clube...

Enfim, vamos esperar por próximos desenvolvimentos e vamos esperar porque vem aí mensagem manada, por causa deste assunto...

EB disse... [Responder a Comentario]

(Cont.)
Que a seguradora tudo faça para não pagar, recorrendo para instâncias superiores de todas as decisões judiciais desfavoráveis, é habitual e não me surpreende. Agora a posição do slb é incompreensível e mais ainda depois do choro, luto e posições públicas institucionais de há seis anos atrás. Na altura, os dirigentes do slb afirmaram estar muito chocados com a morte de Miklos Fehér e transformaram o funeral do atleta húngaro num espectáculo televisivo quase indecoroso. Seis anos depois, longe das luzes da ribalta e no recato dos corredores dos tribunais, os mesmos dirigentes (pelo menos o presidente é o mesmo) colocam-se ao lado da seguradora e tudo fazem para impedir que os pais recebam uma pensão.
Pudor? Vergonha? Hipocrisia? Sem mais comentários… »

Definitivamente, sem mais comentários... Que moralidade da treta por parte deste clube...

Cumprimentos,
EB

EB disse... [Responder a Comentario]

Apesar de não ter nada a haver com este caso, partilho convosco este comentário que recebi por email.

Esta situação é mais uma evidência da filosofia existente nesse clube e da mentalidade do seu presidente.

Cá vai:
« "A Benfica SAD entende, à semelhança da seguradora Fidelidade Mundial, que a morte súbita de Fehér, ocorrida há seis anos, durante um jogo em Guimarães, resultou de causas naturais. Mas o Tribunal da Relação de Lisboa, num acórdão revelado ontem pelo CM, deu como provado um acidente de trabalho e determinou o pagamento aos pais do jogador de uma pensão anual vitalícia de 76 776 euros.
A SAD benfiquista, na sua contestação à decisão da 1ª instância, acompanha a posição da seguradora, "quer quanto aos factos quer quanto ao direito". Ou seja, considera que, "tendo a morte do atleta ocorrido por causa natural, sem causa externa, não pode integrar o conceito de acidente de trabalho".
No entanto, os desembargadores da Relação de Lisboa aceitaram o entendimento do tribunal inferior e decidiram condenar a Fidelidade Mundial ao pagamento da pensão, acrescida de juros e actualizações, desde 26 de Janeiro de 2004 – o dia seguinte à morte do atleta. A seguradora já recorreu da decisão para o Supremo Tribunal de Justiça.
Miklos Fehér estava ao serviço do Benfica desde 2002, com um salário mensal de quase 64 mil euros. Era o jogador quem sustentava os pais, enviando-lhes, para a Hungria, dinheiro com regularidade – quase mensalmente –, como refere o acórdão da Relação de Lisboa."
in Correio da Manhã, 29/12/2010
(Cont.)

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?

Então agradecemos que comente este artigo que acabou de ler, a sua opinião é bastante importante para nós.
Nos comentários dos artigos escreva apenas o que for referente ao tema.