segunda-feira, 25 de outubro de 2010 | | By: BestOfFutebol

Porto vs Leiria 5-1

A equipa Leiriense chegou ao Porto com o objectivo de contrariar a história que diz que a equipa de Liz nunca venceu no estádio do Dragão, mas pela frente, encontrou uma máquina demolidora, que esta época já levava, nos 14 jogos oficiais, 13 vitórias e apenas um empate, curiosamente na jornada anterior, frente ao Guimarães.

A verdade é que o adjectivo “máquina demolidora” assenta que nem uma luva a este FC Porto, trocam-se os protagonistas (em relação ao jogo na Turquia, Ruben Micael substituiu Belluschi, Sapunaru deu lugar a Fucile e Varela retomou à equipa para o lugar de Cristian Rodriguez) mas a forma de jogar mantém-se, sendo que, os primeiros 45 minutos podem perfeitamente classificar-se numa frase: “A equipa Portista a atacar e a equipa Leiriense a defender como podia e sabia”, a pressão foi de tal ordem que a equipa de Pedro Caixinha, que fez alinhar uma formação mais defensiva, não fez um único remate na primeira parte, fazendo de Helton um espectador privilegiado.

Com isto em mente, a equipa de Villas-Boas começou o jogo a atacar a baliza Leiriense, aos 8 minutos, o poste devolveu a Falcão a oportunidade de inaugurar o marcador, um grande remate de fora da área ao qual o guardião Gottardi não teria qualquer hipótese de chegar.



Adivinhava-se que, mais cedo ao mais tarde o golo iria chegar para o Dragão, o Leiria tinha muitas dificuldades em sair com a bola controla, fruto de uma pressão enorme das linhas avançadas do Futebol Clube do Porto, que começa a ser uma das marcas do Dragão de Villas-Boas.

O golo, chega ao minuto 14, um passe magistral de Ruben Micael isola Hulk que com um toque subtil faz um chapéu ao guarda-redes Leiriense, marcando um golo de classe, merecedor de ser visto e revisto por que gosta de bom futebol.

O Brasileiro esteve, mais uma vez imparável, 5 minutos mais tarde, mais uma correria agora a passe de Falcao, que Hulk concluí de forma simples e prática e aí vão 8 golos para o melhor marcador do Futebol Clube do Porto e da Liga Zon Sagres.



A frente Portista juntamente com o seu meio campo continuava a ser um verdadeiro quebra-cabeças para a defesa Leiriense, aos 37 minutos, João Moutinho (alguém se lembra de Raúl Meireles?) cobra um lançamento rápido na ala que Varela aproveita da melhor maneira tirando o defesa central Leiriense do caminho e remata para o fundo da Baliza fazendo o 3-0 para o Futebol Clube do Porto.

A noite começava a tornar-se um verdadeiro pesadelo para a equipa de Caixinha, 2 minutos após o golo, Fernando de cabeça quase faz o quarto para o Porto que foi “massacrando” a equipa Leiriense até ao final da primeira parte.

Após o Intervalo, Pedro Caixinha faz alinhar uma formação diferente, deixa Rubén Brígido e Bruno Miguel no balneário e faz entrar Marco Soares e Mamadou Tall e o Leiria melhorou substancialmente mas não o suficiente para causar moça num Dragão que começou a segunda parte tal como acabou a primeira: a atacar.

GIF CR 728x90

É aos 50 minutos que entra em acção “El Tigre”, o colombiano do FC Porto Falcao, que andava afastado dos golos no campeonato ficando em branco por quatro jogos consecutivos, cabeceia da melhor maneira após cruzamento perfeito de Álvaro Pereira.

Aos 58 minutos, Villas-Boas sente que o jogo está mais que controlado e começa a retirar os jogadores mais regulares para dar lugar aos menos utilizados, é neste sentido que entra Souza que substitui um João Moutinho cada vez mais influente no meio campo Portista e aos 70 minutos, entra o colombiano que protagonizou mais uma guerra de transferências este verão entre Porto e Benfica: James Rodriguez, que fez a sua estreia para a Liga Portuguesa com a camisola portista.

Aos 74 minutos, Carlão, que aos 64 entrou no jogo para o lugar de Zhang, converteu uma grande penalidade causada por Fernando, o jogador portista fez falta dentro da área quando o jogador Leiriense seguia isolado para a baliza, grande penalidade e cartão amarelo para o trinco Brasileiro do FC Porto.

O golo Leiriense não afectou a organização Portista, que 2 minutos mais tarde via o seu matador Falcao a bisar na partida, novo passe de Hulk e o Colombiano isola-se disferindo um remate que termina no fundo das redes da equipa de Leiria.




Pelo meio, ainda houve tempo de Hulk ceder o lugar a Walter, mas o resultado não se alterou até ao final da partida, muito por culpa da ineficácia dos jogadores portistas, na qual desperdiçaram jogadas suficientes para dar outra mão cheia de golos numa noite em grande, na qual a equipa do Porto não acusou a pressão dos grandes rivais terem reduzido a distância pontual durante o fim-de-semana, o clássico, está só a uma jornada de separação e para a equipa Portista, será importante manter a distância para com o Benfica ao passo que, a equipa encarnada está proibida de perder mais pontos que possam deixar por terra o objectivo do Bi- Campeonato.

OS MEUS DESTAQUES:

Toda a organização da equipa Portista, que parece que joga de olhos fechados, a gestão do plantel de André Villas-Boas, que consegue trocar jogadores em posições fundamentais como o meio campo Portista sem que isso altere a segurança da equipa e claro está, Hulk! O Brasileiro está a fazer um inicio de campeonato verdadeiramente imparável e está a tornar-se um caso sério, estará para breve a maior transferência do futebol Português?

LANCES POLÉMICOS:

Aos 21 minutos Varela cai na área Leiriense tocado no pé de apoio por um defesa da equipa do Leiria. O lance é rápido e discutível, apesar de efectivamente parecer grande penalidade, é um lance em pode dar-se o beneficio da dúvida ao árbitro e ficar-se sem a dúvida que a ajuda tecnológica seria bem-vinda.

O penalty que dá origem ao golo Leiriense é, sem margem de dúvidas bem marcado, no entanto, o cartão poderia ter sido de outra cor atendendo ao facto de que o jogador do Leiria já preparava o remate final á baliza Portista, de qualquer das formas aqui prevalece também o critério disciplinar do Juíz da partida.

Texto: Hugo Pinto (BestOfFutebol)











Não deixem de ver o Repto que o BestOfFutebol faz a todos os adeptos, clique aqui

Visite-nos também no Facebook


"A pior das corrupções não é aquela que desafia as leis; mas a que se corrompe a ela própria."




Blog Widget by LinkWithin

10 comentários:

Pedro Barbosa disse... [Responder a Comentario]

Não tive oportunidade de ver o jogo, mas vi os resumos. Nota-se que esta equipa joga com entusiasmo e com garra à FcPorto. Excelente resultado, pelo que pude apurar reflete o que se passou dentro de campo com Hulk, Falcão e Cª em grande forma...

Silva disse... [Responder a Comentario]

Palavras para que?? Agora é que se começa a ver todo aquele bom futebol que este grande plantel tem para oferecer. Sei que é impossível mas desejava contrato vitalício a toda gente deste enorme clube :P

BestOfFutebol disse... [Responder a Comentario]

Penso que o Porto fez um jogo Soberbooooooo.

Quero realçar aqui 2 pontos que acho interessantes:
1º - Numa semana que ouvimos algumas pessoas a darem desculpas, por terem alguns jogadores lesionados e por terem vendidos outros, o Porto provou que é uma equipa acima de todas essas... Porque troca de jogadores e continua a praticar um futebol lindíssimo e mortífero...

2º Ponto que quero realçar é a uniao do grupo, vimos no 2 golo do Falcao a forma como ele se abraçou ao Hulk em pleno relvado, algo que nunca tinha visto, principalmente entre Brasileiros e Argentinos... ehehehe
Também quando do golo de Varela a forma como festejou com Moutinho...
É incrível e muito reconfortante ver a alegria destes jogadores... Moutinho parece um outro jogador...

Por fim, mais um excelente texto do Hugo Pinto... Muitos Parabéns, estás a tomar-lhe o gosto ;)

ruben disse... [Responder a Comentario]

o falcao nao é argentino...mas de qualquer forma entendo onde quer chegar...mais do que espírito de grupo vê-se uma família!

BestOfFutebol disse... [Responder a Comentario]

@ruben
Tens toda a razão Ruben... Esqueço-me sempre :)
É colombiano, jogou foi na argentina

Thanks ;)

Hugo Pinto disse... [Responder a Comentario]

Foi uma noite soberba de futebol...o Porto é uma verdadeira máquina...vamos aproveitar bem meus amigos...que infelizmente não vamos ver estes artistas por muito mais tempo...pelo menos com as cores do FCP lol

Com muita pena minha :x

Hugo Pinto

Alexandre Santos disse... [Responder a Comentario]

Antes de mais parabéns ao Hugo e à Equipa Bestoffutebol, pelo trabalho desenvolvido.

Quanto ao Jogo, a história já foi muito bem narrada pelo Hugo e pelos comentadores, mas penso haver alguns factos a salientar.

1º O Porto entra em campo com 4 portugueses (todos eles internacionais)
2º Penso ser a 14ª vitória em 15 jogos oficiais
3º Moutinho joga e faz jogar, penso ser o jogador mais influente na manobra do FCP, quer a defender quer a atacar.
4º Falcao é a prova de que o colectivo está a frente do individual (sem querer entrar por terrenos expeculativos o hattrick estava ao seu alcance, preferindo dar o golo a Hulk, em vez de avançar para a baliza)
5º Ruben Micael, o seu regresso em forma ao 11 é de evidenciar pela forma exclarecida com que aborda cada lance, sendo eu adepto das qualidades de Belluchi, acho o Ruben um jogador de processos mais simplistas e bastante mais eficazes.
6º Hulk, já não se pode considerar um inicio de campeonato incrivel, pois já vamos na 8ª jornada e o "incrivel" não parece querer dar espaço para se criarem duvidas sobre a sua qualidade. Mais puderia escrever sobre a influencia de Hulk na equipa do FCP, mas as suas exibições sobrepoem-se a qualquer comentário.

Falta salientar o colectivo, e a sua actitude, os jogadores jogam soltos, com vontade e alegria, mostram também em algumas fazes do jogo alguma desconcentração, que não se torna tão ou mais evidente porque as linhas jogam muito juntas não oferecendo qualquer espaço aos adversários, com equipas como o Leiria as coisas correm bem, mas com outro tipo de equipas, esses momentos de desconcentração pode traduzir-se em perda de pontos em jogos perfeitamente controlados.

Antas disse... [Responder a Comentario]

Meus caros só quero deixar uma palavra de apoio, e um pedido de continuação de um excelente trabalho.

Isto é para continuar contra tudo e contra todos, já sabem que dizer as verdades vai chatear muita gente.

Meus amigos um grande abraço.

Anônimo disse... [Responder a Comentario]

interessante o facto de o silas nao ter sido convocado estando disponivel e os dois laterais titulares na defesa nao terem jogado. e carlao no banco pela primeira vez na epoca..

Zé disse... [Responder a Comentario]

Desculpas??
Ja se esqueceram que o jesualdo o ano passado chorou por não ter o hulk??

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?

Então agradecemos que comente este artigo que acabou de ler, a sua opinião é bastante importante para nós.
Nos comentários dos artigos escreva apenas o que for referente ao tema.