quinta-feira, 30 de setembro de 2010 | | By: BestOfFutebol

Sporting - Levski Sófia 5-0

Cinco golos apontados em seis jornadas de Liga. Cinco golos apontados em apenas noventa minutos, frente ao Levski de Sófia, na 2ª jornada do Grupo C da Liga Europa. Paulo Sérgio diz que só existe um Sporting, mas os números parecem dizer o contrário.

e a nível interno o «leão» tem desiludido, no panorama europeu continua a marcar território. Para além de ter chegado aos seis pontos na segunda prova da UEFA, o Sporting mostrou que afinal até consegue marcar muitos golos. E logo no jogo em que Liedson não saiu do banco.

De lição estudada e com trunfo na manga para ganhar tranquilidade

De ganga ou de fato, o que é certo é que o Sporting ia sendo apanhado com as calças na mão logo no primeiro minuto. Um corte falhado de Polga deixou Dembelé em posição frontal à baliza, mas o possante avançado do Levski rematou mal e Rui Patrício segurou junto à relva. Apertado o cinto, o Sporting assumiu o domínio do jogo. Com Liedson no banco, Hélder Postiga foi o homem mais adiantado e aos 18 minutos já tinha quatro remates, mas nenhum golo.



Ao quinto remate do camisola 23 a história mudou. Postiga não marcou, mas conquistou o canto que permitiu a Daniel Carriço inaugurar o marcador, com um desvio ao primeiro poste. Paulo Sérgio mostrou ter o adversário bem estudado, pois colocou vários jogadores na pequena área e tirou proveito da fragilidade de Petkov nas saídas. Um trunfo que voltou a sair da manga à beira do intervalo, quando Maniche aumentou a vantagem de cabeça, após cruzamento de Vukcevic.




Recuperada a confiança, venha a goleada

Mesmo sem deslumbrar no primeiro tempo, o Sporting 2010/11 poucas vezes terá chegado ao intervalo tão descansado. Ao Levski já de nada valia a estratégia do contra-ataque, e a equipa de Paulo Sérgio, mais confiante e autoritária, partiu para a goleada.



Postiga até decidiu deixar o papel de «avançado-que-trabalha-muito-mas-não-faz-golos» para fazer vinte minutos de grande inspiração. Primeiro proporcionando a Diogo Salomão o primeiro golo de leão ao peito, e depois para marcar, ele próprio, um belo tento. Com tempo ainda para atirar uma bola ao poste, Postiga deixou o campo muito aplaudido.

Matías Fernandez fechou as contas a onze minutos do fim, e deu a Paulo Sérgio mais um motivo para sorrir. O chileno, tal como Postiga, bem estava a precisar de um golo moralizador. Toda a equipa precisava, de resto. O Sporting ainda tem muito para crescer, e é preciso ter em conta o valor do adversário, mas recuperou muita confiança, e uma inversão dos resultados tem de começar sempre por aí.



Mesmo gostando do Paulo Sergio e da sua forma de estar na vida e no Futebol, não posso deixar de destacar, que no meu ponto de vista não haveria necessidade, para dizer que iriam dizer, que o Sporting ganhou porque os outros eram fracos, penso que que essa abordagem, antes da pergunta ser feita, pode parecer inteligente, porque nao permite a pergunta, mas não é... Porque quem for ler nas entrelinhas, lê que Paulo Sergio pensa isso, por exemplo se jogasse com o Real e desse 5-0 não vinha com este discurso... O que devia fazer era: Se lhe colocassem essa pergunte deveria ser firme na resposta, não falar no caso antes de ele existir.
Além disso acho que foi perfeito no que disse, alias como quase sempre...




Fonte deste Artigo: maisfutebol

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

DUX XXI disse... [Responder a Comentario]

É o chamado "efeito push-up"! LOL! Agora é sempre a somar... tremam...
http://bancadadeimprensa.blogspot.com/2010/10/o-efeito-push-up-na-realidade.html

Susana Silva disse... [Responder a Comentario]

ESpero, sinceramente, que a confiança demonstrada pela equipa, não se vá desmoronando com a sequência de jogos!
Sporting, na minha opinião, não deslumbrou, mas foi importante este resultado dilatado para elevar a moral dos jogadores, porque eles sabem mais e melhor do que aquilo que têm mostrado...Parabéns a todos os Sportinguistas!
FCP4EVER

Postar um comentário

Gostou do que encontrou aqui?

Então agradecemos que comente este artigo que acabou de ler, a sua opinião é bastante importante para nós.
Nos comentários dos artigos escreva apenas o que for referente ao tema.